sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

DIFERENCA DE RGB E CMYK NA SUBLIMACAO

Padrões CMYK ou RGB? Isso causa uma enorme confusão na cabeça de clientes, e pessoas leigas de um modo geral. Afinal, como as cores podem ser diferentes? E por que a impressão muitas vezes fica muito diferente do que se vê na tela do computador. São apenas os padrões de cores utilizados, o CMYK e RGB, um baseado em luz e o outro em pigmento. Conheça a diferença entre CMYK e RGB e por que é importante diferenciar cada um, além de saber quando é que um deve ser usado ou não. CMYK: o primeiro é baseado em pigmentos, se você pegar um cartucho de tinta colorida provavelmente nele terá um desenho com três círculos, eles representam as letras C, M e Y. Sendo Ciano, Magenta e Yellow, que junto com o Preto (representado pela K na sigla) formam as cores que vemos numa estampa de camiseta ou num cartaz, outdoor. As impressoras convencionais, aquelas que temos em casa, também se utilizam desse sistema, não apenas grandes gráficas. Ao usar um editor de imagens como o Photoshop, ao selecionar uma cor é possível alterá-la através de um menu específico, onde cada letra recebe um número de 0 a 100, e o tom de cada cor é alterado com esses números. RGB: diferentemente do padrão anterior, o RGB utiliza-se da luz para formar as cores, já que é usado para trabalhos voltado para monitores, como o de seu computador. Como no exemplo anterior cada letra representa uma cor: R – Vermelho (red), G – Verde (Green) e B – Azul (blue). Ao contrário do CMYK os valores para se alterar uma cor em RGB vai de 0 a 255. Então muita atenção ao criar um documento, é preciso que o padrão correto seja utilizado, se é um banner para site use RGB, se é um flyer que será impresso em gráfica, o CMYK, assim garante que as cores vistas na tela sejam as mais próximo possíveis do trabalho final. Mudando o sistema de cores no Corel Draw Para trocar de CMYK para RGB no Corel, ou vice e versa, basta abrir seu arquivo e ir até o menu Ferramentas > Gerenciamento de cores > Configurações do documento, conforme a imagem abaixo. Mudando cores no Corel CMYK e RGB Depois em Modo de cores primárias selecione RGB ou CMYK e dê OK. Selecione RGB ou CMYK. Caso sua ilustração esteja toda em um determinado padrão de cores e você quiser mudar para outro, eu sugiro que utilize a ferramenta do Corel Localizar e Substituir. Mudando o sistema de cores no Adobe Illustrator Para alternar o sistema de cores no Illustrator, abra seu arquivo, vá em Arquivo > Modo de cores e selecione entre CMYK e RGB. Mudando o sistema de cores CMYK e RGB no Adobe Illustrator A minha imagem esta em inglês pois prefiro usar os softwares da Adobe em linguagem nativa, mas você não terá dificuldade em achar o caminho na sua versão em português. Caso queira mudar o sistema de cores de uma arte já pronta, sugiro que leia este texto. Mudando o sistema de cores no Adobe Photoshop Bastante parecido com trocar no Illustrator. Basta ir em Imagem > Modo e trocar CMYK ou RGB. Como trocar CMYK e RGB no Photoshop CMYK, RGB e suas diferenças nas estampas Você deve estar se perguntando, e nas estampas, como funciona? Assim como existem diferentes formas de estampar, existem diferentes usos para cada sistema de cores. Se for fazer um desenho para serigrafia (chapados, policromia, indexação, etc.) eu sempre uso CMYK. Se for fazer algo para impressão digital, o ideal é você fazer testes com tabelas de cores, pois mais importante que o sistema de cores que você usar será o perfil de cores da impressora. Espero tê-lo ajudado com a eterna dúvida da diferença entre CMYK e RGB. Ah, e jamais se esqueça, utilizar o sistema de cores errado pode ser desastroso.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário